Skip to main content

Capital de Giro: como oferecer essa modalidade de crédito?

Capital de Giro: como oferecer essa modalidade de crédito?

Você já pensou em oferecer Capital de Giro por meio de sua empresa? Já tem uma plataforma que auxilia na oferta dessa modalidade de crédito para seus fornecedores e parceiros?

Essa pode ser uma excelente oportunidade para o seu negócio. Então, vale a pena saber mais detalhes que demonstram o mercado disponível para quem trabalha com essa modalidade de crédito.

Pensando nisso, elaboramos este artigo para responder às seguintes perguntas: Será que existe demanda para a oferta de crédito para Capital de Giro?

Quais são as situações que levam a pessoa jurídica a recorrer a esse tipo de empréstimo?

Como a plataforma Onidata pode ajudar sua empresa a implementar essa solução?

Boa leitura!

Quais são as oportunidades de oferta de crédito para a pessoa jurídica?

As empresas que possuem uma grande carteira de fornecedores  podem oferecer crédito para estes, principalmente para  o mercado de pessoas jurídicas, como:

  • MEIs (Microempreendedores individuais);
  • EIs (Empreendedores individuais);
  • PMEs (Pequenas e Médias Empresas).

De acordo com os dados do Serasa Expirian, apenas no mês de março de 2020 foram criadas 351.714 novas empresas. Desse total,  282.211 foram cadastradas como MEIs (80,3%), 45.145 sociedades limitadas (12,9%) e 10.383 empresários individuais (2,9%).

Essas estatísticas demonstram que o número de empreendedores no Brasil está em constante crescimento. Desse modo, organizações que decidem ofertar soluções específicas para a pessoa jurídica podem colher bons resultados.

Além disso, segundo as informações do Banco Central (BC), o valor de crédito livre fornecido para pessoas jurídicas em setembro de 2021 totalizou R$1,2 trilhão, apresentando altas de 2,9% no mês e de 15,5% em doze meses, entre os destaques encontra-se o crescimento em capital de giro de longo prazo.

Portanto, os dados revelam haver uma real demanda de procura por crédito entre as empresas, incluindo o empréstimo de Capital de Giro.

Vale ressaltar que em vista  da pandemia da Covid-19, muitos empreendimentos apresentaram quedas em seu orçamento financeiro, em razão das restrições de isolamento social. Por isso, para permanecerem ativas no mercado enquanto se recuperam do prejuízo estão em busca de formas de empréstimo.

Sendo assim, a oferta de crédito de Capital de Giro passa a ser cada vez mais considerada como uma ótima oportunidade de negócio. Existem várias situações que levam um empreendedor a escolher por essa modalidade. Confira!

Como usar o capital de giro como solução para sustentação e crescimento dos negócios?

Em alguns casos, pode acontecer de um empreendimento enfrentar dificuldades econômicas momentâneas  e não conseguir ter o valor mínimo necessário para suprir suas atividades.

Diante de tais circunstâncias, a solução é buscar crédito para manutenção do Capital de Giro com o objetivo de sustentar o fluxo financeiro do negócio.

Além disso, as PMEs, MEIs e EIs, podem precisar recorrer ao empréstimo como um meio de obter recursos financeiros adicionais a fim de expandir o seu serviço no mercado, ou seja, é uma oportunidade de garantir o crescimento da empresa.

Veja 3 situações em que um empreendedor pode recorrer à solicitação de crédito de Capital de Giro:

Dificuldade de manter os pagamentos em dia

O Capital de Giro negativo prejudica o pagamento de contas em dia. Com isso, o negócio pode ser fortemente impactado com multas e juros decorrentes de atrasos.

As despesas com os funcionários também fazem parte do capital, e o impacto aqui além de alto pode ser difícil de mensurar. Assim, para manter os salários dos profissionais e outros benefícios pagos adequadamente é preciso encontrar formas de obtenção de crédito.

Assegurar a manutenção do estoque

O bom controle de estoque é essencial para garantir que os produtos estejam disponíveis de acordo com o número de pedidos. Caso contrário, corre-se o risco de não ter a quantidade de itens necessários para ser capaz de suprir a demanda.

Para um cenário ainda mais grave, imagine uma organização que enfrenta problemas com Capital de Giro e não consegue ter o valor mínimo para pagar todas as despesas essenciais. Como resultado disso, a compra de materiais com fornecedores fica ameaçada. E a perda de clientes que migram para o concorrente é apenas uma das várias consequências possíveis neste cenário.

Por isso, para conseguir organizar adequadamente as despesas e manter o empreendimento em pleno funcionamento, muitos empreendedores decidem recorrer a um empréstimo de Capital de Giro.

Aproveitar a chance de desenvolver o negócio

Em certas ocasiões o empreendedor pode encontrar uma excelente oportunidade para alavancar o desenvolvimento do negócio, mas não possui os recursos financeiros suficientes para investir e, ao mesmo tempo, garantir a manutenção da empresa.

Portanto, mais uma vez, temos o Capital de Giro como protagonista no importante papel de não perder a chance de dar um passo adiante e, assim, proporcionar o crescimento do negócio.

O momento atual favorece as oportunidades para as empresas que oferecem empréstimo de Capital de Giro para  pessoa jurídica.

Mas, é claro, que para ofertar crédito com segurança é fundamental contar com a ajuda de especialistas no assunto. Veja como a Onidata pode ajudar a sua corporação nesse sentido.

Como funciona o Capital de Giro da Onidata?

A Onidata é uma plataforma SaaS (Software como Serviço) que atende às necessidades tecnológicas das fintechs,  com sistemas de crédito, para Pessoa Jurídica na modalidade de Capital de Giro com mais de 365 dias.

Com funcionalidades em APIs oferece infraestrutura de TI em white label, e entrega para a organização tudo o que é preciso para o gerenciamento financeiro completo. Desde a captação da proposta, gerenciamento do contrato, até aos relatórios contábeis do Banco Central do Brasil (Bacen).

Vale ressaltar que os serviços da plataforma permitem a solicitação de crédito com procedimentos totalmente online. Por meio de:

  • Autoatendimento;
  • Canais de venda;
  • Marketplaces.

Entre os serviços disponibilizados para a oferta de empréstimo de Capital de Giro, estão incluídos:

  • Simulação de crédito;
  • Assinatura digital;
  • Consulta a contratos;
  • Renegociação;
  • Portabilidade;
  • Segunda via de boleto.

Conheça melhor a nossa solução e entenda como a Onidata pode ajudar você a oferecer esta modalidade de crédito completo de forma ágil!